Governod..."> Governod..."/> Governod..."/>

08 de maro de 2018 às 07:24

Sorocaba terá serviços de saúde pública ampliados

Governo do estado vai inaugurar no dia 31 de março o novo Hospital Regional e o Grupo de Resgate e Atenção às Urgênci

Crédito:Secom/Sorocaba

O Prefeito de Sorocaba, José Crespo, esteve em São Paulo, ontem (07), para uma reunião com o secretário estadual da Saúde, David Uip. O encontro foi realizado no gabinete da Secretaria e tratou sobre a ampliação dos serviços e recursos na área da saúde em Sorocaba. Entre os assuntos tratados, o governo estadual revelou o interesse de promover duas inaugurações importantíssimas à cidade no dia 31 de março: inauguração do novo Hospital Regional e do Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências (Grau). Além disso, o Estado também anunciou a mudança de gestão no CHS- Conjunto Hospitalar de Sorocaba e uma verba adicional de 800 mil reais para a Santa Casa, concedida através de um pedido feito pela Prefeitura de Sorocaba.

No dia 31 de março, segundo o Governo do Estado, Sorocaba terá a inauguração do novo Hospital Regional que contará com 95 leitos de UTI e tecnologia de última geração para atender a população de 48 municípios. Também no mesmo dia, O Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências (Grau), considerado a tropa de elite do atendimento móvel, que oferece serviços terrestres e aéreos, será inaugurado e chegará à cidade com 10 médicos e 11 enfermeiros, dando o suporte especializado principalmente aos casos de trauma e acidentes graves. A estrutura predial que abrigará o Grau é a mesma onde fica situado o Corpo de Bombeiros, no bairro do Éden.

O CHS (Conjunto Hospitalar de Sorocaba), hospital público, referência em 48 munícipios do Estado de São Paulo, adotará o modelo de parceria com Organizações Sociais de Saúde, Instituições do terceiro setor, sem fins lucrativos, “nós somos parceiros (Prefeitura e Governo Estadual) e antes de tomar esta decisão, nós ouvimos o prefeito José Crespo, o secretário de saúde de Sorocaba, os vereadores, deputados e todas as lideranças políticas. Atualmente os números dizem que a gestão por OSS deve ser necessária,” disse Davi Uip, que ressaltou também a importante parceria entre a prefeitura e o governo para este novo modelo de gestão. Segundo o secretário de saúde municipal, Ademir Watanabe, essa mudança oferecerá melhorias aos pacientes que necessitam do atendimento e lembra que o Hospital Leonor também faz parte da estrutura do CHS. A medida tem por objetivo aprimorar a assistência prestada à população e proporcionar mecanismos que permitam ao complexo hospitalar ter maior eficiência e agilidade na gestão. O modelo de parceria com OSS é utilizado em mais de 200 municípios brasileiros em 23 estados, há cerca de 20 anos.

Outra medida importante atendida pelo Estado, foi o pedido de uma verba complementar de 800 mil mensal para a Santa Casa de Sorocaba, feita pela Prefeitura.  Fonte:www.sorocaba.sp.gov.br (08/03/18)

Fonte: www.sorocaba.sp.gov.br

comentários

Estúdio Ao Vivo