02 de outubro de 2019 às 06:42

Sorocaba estará na 2ª fase de programa habitacional lançado ontem e que vai atender idosos

Na primeira etapa serão viabilizadas 152 unidades habitacionais em seis municípios, cujos convênios serão celebrados

Crédito:Secom/Sorocaba

Sorocaba estará na segunda fase do Programa Vida Longa, do governo do Estado, que prevê a construção de empreendimentos especialmente projetados para atender às necessidades habitacionais de idosos que vivem sozinhos, em situação de vulnerabilidade social. Nessa segunda etapa, o programa atenderá os municípios onde já existe a Vila Dignidade, como é o caso de Sorocaba. A prefeita Jaqueline Coutinho conseguiu esse compromisso do secretário de Estado da Habitação, Flávio Amary, durante encontro ocorrido ontem (1º), em São Paulo, logo após o lançamento do Vida Longa. Nessa primeira etapa serão viabilizadas 152 unidades habitacionais em seis municípios, cujos convênios serão celebrados ainda em 2019. O encontro entre a prefeita e o secretário estadual ocorreu à tarde, na sede da Secretaria de Estado da Habitação, no chamado Centro Histórico de São Paulo, na rua Boa Vista.

O programa

O lançamento do programa foi feito pelo governador João Dória ontem, dia 1º, quando se comemora o Dia do Idoso. O secretário de Igualdade e Assistência Social (Sias), da Prefeitura de Sorocaba, Paulo Henrique Soranz, esteve presente. Na primeira fase do programa, destinado a idosos que vivem sozinhos e têm renda de até dois salários mínimos, seis cidades do interior ganharão os condomínios: Bauru (22 casas), Barretos (28 casas), Bragança Paulista (28), Santa Bárbara d’Oeste (28), São Roque (20) e São José do Rio Pardo (26). O custo total será de R$ 18,7 milhões. A ideia é chegar a 50 cidades até 2022. Secom/Sorocaba

Fonte: www.sorocaba.sp.gov.br

comentários

Estúdio Ao Vivo