08 de fevereiro de 2019 às 07:04

Saúde confirma caso de dengue investigado em Votorantim

Bloqueio e nebulização já foram realizados no local e a Zoonoses prossegue com ações de combate; este é o primeiro ca

Crédito:Reprodução

A Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), recebeu a confirmação, do Instituto Adolfo Lutz do primeiro caso autóctone de dengue registrado na cidade. Até o momento foram 74 casos notificados, sendo um confirmado e outro aguarda resultado, os demais todos descartados.

O Centro de Controle de Zoonoses segue com o trabalho rotineiro de combate aos criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. O caso foi confirmado na região central e todo o trabalho de bloqueio em casa a casa e nebulização já foram realizados. Nesta sexta-feira (08) os agentes de endemias devem concluir as visitas no Parque São João e na próxima semana estarão na região do Vossoroca.

O secretário da Saúde, Júnior Silveira, ressalta que a população precisa manter os espaços limpos e sem criadouros, principalmente nesse período de chuvas e calor. “Contamos com a apoio da população para combater os criadouros”, reforça. A coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses, Kátia Regina de Oliveira, explica que quando o teste rápido aponta para caso suspeito, são realizadas as ações de bloqueio, com a intenção de eliminar os possíveis criadouros na referida área, bem como a nebulização, que elimina o mosquito. Durante as visitas de casa a casa, os agentes procuram por possíveis criadouros onde possam ser encontrados, como em água parada em baldes, pneus, panelas, garrafas, copos plásticos, entre outros.

Além disso, acontecem semanalmente as ações de visitas aos Pontos Estratégicos (PE), que são as borracharias, oficinas mecânicas, funilarias, galpões de materiais recicláveis, bem como nos Imóveis Especiais (IE) localizados na cidade, que são espaços com grande circulação de pessoas, a exemplo do terminal de ônibus, unidades de saúde e supermercados. A Secretaria da Saúde orienta que, ao apresentar os sintomas da doença, como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos e dores no corpo, a pessoa deve procurar de imediato pela Unidade de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência. Secom/Votorantim(08/02/19)

Fonte: Secom/Votorantim

comentários

Estúdio Ao Vivo