Notícias

11 de maio de 2018 às 10:21

Placa do Mercosul deve ser adotada pelos estados até dezembro

Prazo, que antes era 1º de setembro, vale para veículos novos e casos de transferência de propriedade ou mudança de m

Crédito:Reprodução

Uma reunião realizada ontem (10) com membros do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) e do Denatran  (Departamento Nacional de Trânsito) estabeleceu 1º de dezembro como o limite máximo para que os estados comecem a adotar as placas de veículo no padrão do Mercosul.

O prazo, que antes era 1º de setembro, vale para veículos novos e casos de transferência de propriedade ou mudança de município. A decisão deve ser publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (11).

A troca de placas de veículos já registrados, que deveria ser concluída até 2023, também foi alterada e não será mais obrigatória. Segundo Rone Barbosa, conselheiro do Contran, ela deverá ocorrer de forma gradual e espontânea.

Pela resolução, as placas terão um chip e código de barras bidimensionais dinâmicos, os chamados QR code, e precisam ser homologadas junto ao Denatran.

Além das mudanças de segurança, as novas placas não terão mais as atuais três letras e quatro números, que serão substituídos por sete caracteres alfanuméricos (letras e números), com combinação aleatória que será fornecida e controlada pelo Denatran. O último caractere da placa seria sempre um numeral.

Ou seja, o atual modelo BRA-0317 (fictício) deixa de existir. O que estava previsto seria, por exemplo, BRA0S17. Com informações da Folhapress.

Fonte: Noticias ao Minuto

comentários

Estúdio Ao Vivo