Notícias

12 de fevereiro de 2020 às 06:38

Operação cata-treco remove 5 toneladas de materiais inservíveis

Ação faz parte da força-tarefa pós ‘Dia D’ de combate à dengue 

Crédito:Secom/Sorocaba

No primeiro dia da operação cata-treco, ontem (11), foram removidos 5 toneladas de materiais inservíveis na região do Lopes de Oliveira. A ação realizada pela Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo), e em parceria com a Secretaria da Saúde (SES), faz parte da força-tarefa pós ‘Dia D’ de combate à dengue. A programação termina no dia 14 de fevereiro e está sujeita a alteração por conta da possibilidade de chuva.

Segundo a SES, os locais de atuação da operação cata-treco foram definidos conforme a concentração de casos de dengue nas regiões da cidade. Até o momento, Sorocaba registrou 190 casos confirmados de dengue (140 autóctones, 47 importados e 3 indeterminados), 5 de chikungunya (3 autóctones e 2 importados). Não há casos de febre amarela e zika.

O objetivo da operação é eliminar possíveis criadouros do mosquito da dengue. Os materiais recolhidos são, em maioria, sofás quebrados, eletrodomésticos velhos que não funcionam mais, como geladeiras, fogões, tevês, ventiladores e micro-ondas. Além de tanques de lavar roupas, guarda-roupas, camas quebradas, pneus, latas e até vasos sanitários quebrados. A orientação é que os cidadãos deixem esses ítens em frente de suas casas antes das 8h, o horário de início da programação, para que possam ser recolhidos. Secom/Sorocaba

Fonte: Secom/Sorocaba

comentários

Estúdio Ao Vivo