08 de julho de 2019 às 06:39

Brasil confirma favoritismo e vence Copa América contra o Peru

O Brasil não ve

Crédito:Reprodução

A seleção brasileira voltou a conquistar uma Copa América após 12 anos, ao bater o Peru por 3 a 1 no Maracanã. Na ausência de seu principal jogador, Neymar, que costuma atrair para si os holofotes dentro e fora de campo, os comandados de Tite encontraram novos protagonistas e narrativas para voltar a vencer dentro de casa. O Brasil não vencia uma Copa América desde 2007, e um título com a equipe principal desde a Copa das Confederações de 2013.

A taça foi erguida pelo capitão Daniel Alves, que a recebeu das mãos de Alejandro Domingues, presidente da Conmebol, consagrando a festa brasileira no campo e nas arquibancadas. O presidente Jair Bolsonaro participou da comemoração. Antes, logo no início da partida, ele tomou lugar na tribuna de honra. Bolsonaro estava acompanhado dos ministros da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, da Economia, Paulo Guedes, da Cidadania, Osmar Terra, das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno. O senador Flávio Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, também estavam presentes.

A próxima edição da Copa América será já em 2020, sediada de maneira conjunta por Argentina e Colômbia. Depois disso, o torneio será disputado sempre de quatro em quatro anos, seguindo o calendário da Euro. (Fontes: UOL e Agencia Brasil)

Fonte: Agencia Brasil

comentários

Estúdio Ao Vivo